Seja muito bem vindo(a), se você caiu aqui de paraquedas, boa sorte porque o quê você irá ler aqui te deixará puto

ESTE ARTIGO TRATA DE UMA REPRESENTAÇÃO DA REALIDADE OU MEIA VERDADE

Você deve aceitar calado(a) o que está escrito aqui sem duvidar de nada,ou correrá o risco de sumir misteriosamente.

Araguatins: ame-a ou deixe-a!

ARAGUATINS



Cquote1.svg Você quis dizer: Cidade do calor? Cquote2.svg
Google sobre Araguatins

Cquote1.svg Você quis dizer: Araguatins 2.0? Cquote2.svg
Google sobre Araguatins

Cquote1.svg Você quis dizer: Pedaçinho do inferno? Cquote2.svg
Google sobre Araguatins

Cquote1.svg Ainda tem banco em Araguatins? Cquote2.svg
Assaltantes de banco sobre Araguatins

Cquote1.svg Povo fofoqueiro! Cquote2.svg
Araguatinense em Goiânia sobre Araguatins

Cquote1.svg Nasci aqui vou morrer aqui! Cquote2.svg
Araguatinense raiz sobre Araguatins

Cquote1.svg Em que tempo comeca a praia? Cquote2.svg
Turistas sobre Araguatins

Cquote1.svg Minha cela ta entrando na minha bunda! Cquote2.svg
Ciclistas de Araguatins

Cquote1.svg Ué. Eu achava que aqui era Araguatins Cquote2.svg
Siqueira Campos quando pousou de jatinho em Augustinopolis

Cquote1.svg IFTO é melhor que CEMPAM Cquote2.svg
Estudantes federais sobre CEMPAM

Cquote1.svg Pelo menos nois pula o muro e já tamo bebendo cerveja no cais! Cquote2.svg
Estudantes do CEMPAM sobre CEMPAM

Cquote1.svg CPM é melhor que IFTO! Cquote2.svg
Soldado do CPM sobre CPM

Cquote1.svg Pior que é mesmo ó! Cquote2.svg
Estudantes da IFTO sobre CPM

Cquote1.svg Povo talarico! Cquote2.svg
Cornos sobre Araguatins

Cquote1.svg Os salvos moram aqui! Menos os desviados! Cquote2.svg
Crentes sobre Araguatins

Cquote1.svg Tem pinga ai? Cquote2.svg
Chico Buzamba sobre Araguatins

Cquote1.svg Fiquei sabendo que vocês se separaram, que "pena" Cquote2.svg
Araguatinense sobre o fim de namoro do amigo

Araguatins

Araguatins, Princesinha do Araguaia, Vila São Vicente Ferrer ou "micro-ondas do Brasil" é uma aldeia indígena quente pra porra,localizada no chifre do Tocantins. Ela se encontra no meio do mato onde os fretes da internet é o frete do produto mais o valor do transporte de jumento de tão ligeiro que chega.

Ela é molhada pelas sujas lindas águas do Rio Araguaia, que de tão linda cega os nativos. Seu clima gira e volta fervendo em torno de 49,9°c e se diminuir para 45.9°c a cidade entra em estado de alerta por conta do frio, que pros nativos é sinal de chuva ou que vai fazer mais calor. Por falar de frio, isso é um fenômeno raro por lá, é mais fácil achar diamante nas pisaras lá da Madalena (vila onde fica outro subgrupo de nativos chamados: “pés sujos” da vila Madalena).

Quem nasce em Araguatins se chama índios do fogo, prato de micro-ondas ou fênix (todo dia pega fogo no chifre e no rabo e no outro dia renasce com mais) além de Araguatinense.

Era uma vez uma história

A cidade foi descoberta por geólogos fugitivos de São João do Araguaia (cidade paranaense paraense, como os nativos falam: "do outro lado do rio"), na era pré-histórica, que após comerem a mulher de quem não deviam, foram jurados de morte, pois lá é o Pará, e não Goiás à Terra dos Cornos (lembrando que no início do século XX o estado de Tocantins ainda não existia, e ali era mais mato Goiás sô). Por isso o plano foi atravessar o rio e alegar em sua defesa que eles haviam comido aquelas mulheres compromissadas em terras goianas, onde é cultural haver chifrações e corneagem. Como eles não poderiam convencer isso no meio do mato, eles criaram às pressas uma uma das cidades mais mal planejadas do Tocantins, e para isso contrataram escravos maranhenses e baianos para ajudar na construção do vilarejo, tudo para tornar aquela justificativa o mais crível possível. Surgia assim o povoado de Araguatins, composto por biscates maranhense, paraenses fugitivos metidos à playboy comedor de jumenta e nordestinos assolados pela miséria.

O nome Araguatins é apenas a junção das palavras "Araguaia" e "Tocantins", embora a cidade seja localiza-se apenas nas margens do Rio Araguaia.

Em 1913 já era considerada município, devido o calor que existia na época, 48.9°c, na época menos de 35.9°c poderia ser considerada lugar moravél. Mas Getúlio Vargas não gostou disso e mandou que Araguatins fosse integrado ao Reino de Itaguatins em 1945.

Após a Segunda Guerra do Pequi, Araguatins torna-se município pela segunda vez e em definitivo, em 1948, quando após uma grande greve de fornecimento de pequi para a então capital Itaguatins, onde cidadãos morriam nas calçadas devido à ausência de pequi, a cidade de Araguatins precisou ser emancipada. Em 1989, com a criação do estado de Tocantins, a cidade passou a integrar esse estado, e portanto fadado à pobreza eterna, tanto econômica como espiritual, como a uma especie de vingança dos espíritos dos antigos habitantes de São João do Araguaia.

Araguatinenses: Como surgiu? Como vivem? O quê comem?

Os araguatinenses são os famosos “tiquim de um tiquim do outro”, são uma mistura louca de 51 com pequi, índio, bioano goiano, paraense, maranhense e outros povos cabeçudos no oeste.

São muito fofoqueiros, não tem câmera de segurança por lá, os próprios moradores são a fonte da fofoca notícia e sabem quando vai chover só pela fofoca que corre na cidade inteira, desde das marges das águas sujas do Rio Araguaia até encima na vila dos “pés sujos” (Madalena).

Também chamados de nação do fogo, os araguatinenses tem um mal gosto muito peculiar por pequi, manga buceta verde e jambo, em especial o pequi, que é um dos maior causador de casos de agressões devido a briga pela caça indevida de pequi em quintais alheios,tudo isso na época da seca de outubro a janeiro do seculo posterior.

Esse povo vive especificamente de bebidas, praia, igreja, cais do porto e festas (quando tem e quando o prefeito quer fazer uma média caridade aos cachaceiros).

Geografia

A cidade está localizada nas margens do Rio Araguaia, depois que este já coletou o esgoto e os cadáveres de pelo menos 20 cidades tocantinenses ao longo de seu curso até ali e da própria Araguatins. As suas areias repletas de lixo (tanto lixo literal e lixo humano) e suas águas turvas cheias de poluentes, são por algum motivo considerada como uma imensa beleza natural.

Terrorismo Turismno

Todo terrorista turista em Araguatins tem apenas essas únicas opções:


*ir para a praia da cidade;

*ir para o cais dos mortos porto (local onde os nativos se encontram pra fazer uma espécie de orgia coletiva diante do pôr-do-sol);

*ir para um dos 1.001 bares;

*ir a uma das mil e uma igrejas que lá tem!.

Na praia o turista encontrará o que Araguatins tem de melhor, a bela paisagem da natureza em seu máximo esplendor do Rio Araguaia (um monte de carro estacionado na areia pingando óleo sobre a mesma, cercada de todo tipo de lixo e dejetos enquanto grupos de pessoas competem quem escuta o pior de música o mais alto possível, criando uma verdadeira sinfonia infernal de forró, axé e sertanejo universitário num espaço de 20 metros.) isso ocorria em meados dos tempos atrás, tempo bom da bagaceira.

Uma das praias mais famosa de Araguatins é a praia da ponta, ate hoje não sei da ponta de quem, mas esse é como se chama, la você encontra de tudo, pinguços, putas, ninfetas, cornos, seu amigo com a sua namorada, cadáveres e um “toledo” flutuando na água, isso mesmo as pessoas esvaziam tudo do corpo nas limpas águas do Rio Araguaia, então fique a vontade para aproveitar o máximo da praia.

Se caso você contrair uma virose, micose ou uma hermes, fique tranquilo pois o hospício Hospitál regional municipal da cidade tem o maior orgulho de não lhe atender e mandá-lo para Augustinópolis, isso mesmo você vai pro hospital e aproveita pra fazer um passeio rotineiro a Augustinópolis. O turista que ousar escapar disso correndo para nadar nas águas, a única coisa que ganhará será uma esquistossomose ou caso tenha sorte, apenas uma micose nas virilhas.

Igrejas tem pra cada gado da cidade, sendo que por lá o conceito crente é usado para predominar uma pessoa da igreja (ou quem diz que vai a mesma) e uma pouco distorcida, pois lá crente pode beber bebidas alcoólicas, uma coisa um tanto que impossível já que bar não falta.

Por falar em entretenimento do "bucho" e espiritual, vamos falar de entretenimento para a carne, isso mesmo para você que é maior de 18 anos, em Araguatins tem o tão famoso PA ou também PN, não vou falar os significados das siglas, pois não quero falar das suas vizinhas.

A noite Araguatins se transforma, a temperatura cai uns 2 graus, o povo que passou o dia todo no chapa calor vai ficando mais quieto e menos esquentados, uns voltam para casa ou saem para as praças, onde ficam um bando de maconheiros fumando nos bancos ou em cima das árvores fazendo subir uma briza suave da porra aê bro, mulheres gostosas fazendo caminhada, filhas da puta de moto empinando fazendo um barulho da porra para se amostrar pra as ninfetas, putas caçando macho pra esfregar a xota, blogueirinhos caçando uma luz de poste para morrer eletrocutados tirar foto e postar Instagram, cachorros latindo a noite toda e suspensões dos carros e motos quebrando nos buracos das ruas.

Como é viver em Araguatins

Viver em Araguatins é ter uma certeza que nas certezas da vida "é passar calor" e "raiva", ir dormir com os pés sujos, porque falta de água não é problema e a solução para uma dormida com fedor de sovaqueira. Na cidade o termo "Araguatins a cidade que produz, de dia falta água e a noite falta luz" era realidade, hoje é um pesadelo.

Viver em Araguatins é saber que a sua namorada, mulher, ficante, peguete ou sei lá como você chama a puta, não e só sua, e sim da cidade toda. O termo compartilhar começa pelo sol, que é um pra cada chifre.

É ter certeza que a sua internet não vai dar pra rodar os vídeos do xvideos e nem ouvir as músicas "boas" dos talentosos cantorezinhos local. E se você der sorte de ter uma internet boa por um segundo e der para comprar algo pela internet, pode ter certeza que o produto vai chegar de jumento e o frete vai custar uma terra de 4 alquieros, duas vacas(sua tia e sua vizinha serve) e uma galinha pintadinha roubada.

Viver em Araguatins e saber que você e sua namorada vai estar na boca da cidade toda, e se der sorte nas vilas ao arredor. Por falar em vilas não vamos falar delas porque elas são uma terra sem lei, lá os nativos pensam que tão no Pará, vivem em bando empinando suas motos com um barulho ensurdecedor a mil por hora e onde tem debilomentais, tem um bando de putas maria gasolina ao a redor gritando e gemendo.

Araguatins possui um grande índice de gente sem moda que usam shorts finos até a canela mostrando a cueca, com um caminhado estilo carinha que mora logo alí nas quebradas da Vila Madalena ou Vila Cidinha e que passam a noite inteira andando nas ruas escuras, ouvindo funk no volume mais alto em suas caixinhas de som jbl made in China.

Quando finalmente chove em Araguatins, não molha, alaga tudo!. Nos períodos de chuva os nativos deixam de andar de carro e passam a ir de canoas nas ruas submersas da cidade.

Em Araguatins você também encontra os filhinhos de papai (adolescentes vagabundo sustentados pelos pais), são playboyzinhos e patricinhas que desfilam de ipobre iPhone, de carro branco ou moto cg, esse grupo se socializam entre si e temos os menos afortunados que os pais não têm nada mais ele andam com os filhinhos de papai, que isso já faz eles se achar a última nikito do pacote. Temos as blogueirinhas que ficam dançando mostrando a bunda no Instagram o dia todo. Ambas as raças citadas acima podem ser localizados nas praças ou ruas nas noites quente da cidade.

Paz do senhor, na cidade a religião evangélica uma espécie de feudalismo (uma filha da putisse) onde os desconvertidos de Deus filhos de Deus manipulam a sociedade da cidade. Em Araguatins cerca de 60% dos nativos são pastores(as), dando um incrível fenômeno chamado de "crise da casa de santidade de Deus" fazendo com que tenha uma igreja para cada pastor da cidade. Os outros 40% são os infies fiéis, que podem ser infiéis no casamento, mas a oferta nunca falta. Na cidade quem fala paz do senhor é considerado um ente da família, mas se você não cumprimentar assim, será só mais um coitado que Deus terá o maior prazer de não salvar (segundo o ensinamentos dos mesmos).

Na cidade tem 4 escolas públicas de ensino médio, sendo o CEMPAM CPM(centro de ensino do poderios militar) antiga CEMPAM (centro de ensino médio professora antonina milhomem) quem estuda no CPM acha que é polícia e pensa que o povo os admira (mas na verdade o povo tá pouco se fudendo se você é da porra do CPM). Tem a IFTO (instituto federal do tocantins) onde tinha mais filhinhos de papai e patricinhas, mas com a chegada do CPM eles se espalharam.

Tem as escolas que é motivo de chacota, Osvaldo frango Franco e Denise, essas duas são as famosas escolas de pobre ou "era aqui ou cuidando do meu filho".

As ruas que além de esburacadas são muito poucas iluminadas, mas pode ter certeza que toda rua da cidade tem uma mini gangue, um grupinho de Zé droguinhas que ficam a noite inteira gritando com um sonzinho ligado no volume máximo, ele ficam lá esperando uma biscate moça de familía passar para eles assobiar e dizer: "aô morena".

Araguatins é considerada serra pelada dos assaltos a banco, a cidade não sei como ainda está de pé, já foi explodida mais de 2 vezes, por arquitetos assaltantes (que por algum motivo talvez pelo analfabetismo, explodem os banco todo toda fez que vão fazer um depósito assalto).

"Buracos? Que isso? nunca nem vi em Araguatins" isso é que todo vagabundo prefeito e vereadores falam, o descaso começa pelos buracos nas ruas da bela cidade, onde os próprios moradores tampam os buracos do prefeito e vereadores enfiando um pé de banana nas suas bundas ruas.

Tem os donos de bordel coronéis que desfilam nas suas lindas hilux pretas e brancas pelas ruas da cidade, eles são os chefões, onde passam os habitantes tem que abaixar a cabeça para não serem degolados por desobediência.
NEM TODO contéudo dessa pagina representa a verdade. TUDO servem apenas como SÁTIRA ou HUMOR.